Informações da página

Você está em: Página Inicial > Pesquisa > Projetos

Início do conteúdo

Projetos de Pesquisa e Inovação 2016

Aprender espanhol cantando: o ensino de Língua Estrangeira por meio da música na Educação de Jovens e Adultos

Coordenação: Denise Mallmann Vallerius

Resumo: Este projeto de pesquisa busca analisar como a música pode atuar como ferramenta eficaz no aprendizado de uma língua estrangeira moderna, mais especificamente, a língua espanhola, resultando na elaboração de material de apoio pedagógico para docentes de língua espanhola, na pesquisa e no desenvolvimento de uma metodologia de ensino, tendo por base referenciais teóricos da área da aquisição da linguagem e da pedagogia. Para tanto, o projeto aliará ensino, pesquisa e extensão, uma vez que a pesquisa realizar-se-á a partir da consecução do projeto de extensão 'Venga a cantar', desenvolvido no Campus Restinga desde 2014, estando vinculado ao NELEM (Núcleo de Ensino de Línguas Estrangeiras Modernas). O trabalho será realizado junto a turmas de Educação de Jovens e Adultos (EJA) de escolas públicas da região, sendo que ps integrantes do grupo de extensão apresentarão uma música em língua espanhola a cada encontro, levando os alunos a participarem ativamente da atividade musical por meio do canto e do uso de instrumentos. As atividades serão acompanhadas pelo bolsista de pesquisa deste projeto , o qual, juntamente à orientadora, aplicará instrumentos capazes de auferir a eficácia da proposta em cada encontro realizado, analisando-os posteriormente a fim se planejar e aprimorar os encontros seguintes. Cabe frisar que o aprendizado dos envolvidos incluirá o trabalho de aspectos linguísticos, vocabulares e culturais suscitados pelas músicas ensaiadas.

Desenvolvimento de experimentos de química com materiais de baixo custo e fácil aquisição

Coordenação: Luciano Gomes Furlan

Resumo: Este projeto visa ao desenvolvimento de experimentos de química com materiais de baixo custo e fácil obtenção, seguros, ecologicamente corretos e que possam ser executados em qualquer local, além de um estudo de implementação na disciplina de química dos cursos integrados do IFRS-Campus Restinga. A aplicação dessas práticas tem o objetivo de construir metodologias de ensino inovadoras, de forma a contribuir para modernização dos currículos do ensino médio, incluindo temas como ciência e inovação, conexão com o mundo do trabalho e o cotidiano da comunidade escolar.

Desenvolvimento de uma Luva Eletrônica para Leitura de Movimentos dos Dedos e Mãos

Coordenação: Matias Rossato Muraro

Resumo: Atualmente, existem alguns dispositivos que dão uma boa liberdade para o jogador interagir com o jogos, no entanto, nenhum deles possibilita uma interação precisa, como o reconhecer da movimentação dos dedos da mão. Visando esta particularidade, com o presente projeto espera-se contribuir no desenvolvimento de um dispositivo com uma maior interação do usuário para com o jogo. Ademais, o dispositivo que se busca desenvolver poderá ajudar na recuperação e leitura dos movimentos da mão humana em pessoas com limitações motoras. O dispositivo também poderá ser utilizado para a realização de estudos a cerca de lesões por esforço repetitivo (LER). No dispositivo, serão utilizados diversos sensores para detectar e verificar os movimentos, como por exemplo giroscópio, acelerômetros, 'strain gages',entre outros. Os sinais provenientes dos sensores serão processados por um microcontrolador para determinar os movimentos que estão sendo realizados e esses serão enviados a computadores.Nos computadores existirão programas e drivers que realizaram o controle e comando de seus softwares através dos comandos enviados pelo dispositivo de reconhecimento de movimentos.O reconhecimento dos movimentos das mãos e dos dedos pode ser utilizado para as mais diversas aplicações, ficando a cargo dos usuários determinar os diversões usos.

Em(A)preendendo: perspectivas para a educação empreendedora no IFRS - Campus Restinga

Coordenação: Shana Sabbado Flores

Resumo: O projeto Em(A)preendendo surge em uma perspectiva de refletir sobre a educação empreendedora, buscando referências, melhores práticas e um diagnóstico da situação atual, de modo a fomentar iniciativas nesse âmbito, em especial no IFRS, Campus Restinga. O nome propõe uma expressão que une o termo ?empreender? com ?aprender?, pensando um ?aprender a empreender?, não só em termos de empresas e produtos, mas no sentido de transformar ideias em projetos. Em sinergia com ações de ensino e com o Programa Despertar, ação de extensão com objetivo de promover o empreendedorismo, o projeto se estrutura como um diagnóstico de ações potenciais, olhando 'para fora' e 'para dentro' da instituição. A partir de uma revisão de literatura que sistematize as bases para o tratamento do tema, o projeto irá observar as melhores práticas, buscando casos de sucesso no Brasil e contexto internacional. Nesse sentido, será observada especialmente os modelos de articulação das instituições de ensino com processos de inovação e incubadoras tecnológicas. No contexto da instituição, será realizado um diagnóstico com os alunos e servidores, identificando competências empreendedoras, experiências adquiridas, intenção de empreender, assim como expectativas com relação ao IFRS nesse sentido. Tais ações serão complementadas por oficinas, com o uso de metodologias participativas, de modo a identificar a percepção do público interno com relação ao tema e iniciativas potenciais. Além das conclusões da pesquisa, o projeto pretende produzir vídeos e outros materiais que apresentem os principais resultados, tornando-os acessível para um maior público e possam ser usados em ações de ensino.

Estratégias colaborativas na produção de valor: um estudo em organizações sociais na região de Porto Alegre

Coordenação: Marcelo Machado Barbosa Pinto

Resumo: Esse projeto tem por objetivo analisar estratégias de desenvolvimento de organizações e/ou pessoas no setor da economia colaborativa na região de Porto Alegre. A análise se baseia no entendimento de que a colaboração compõe-se de diferentes atributos de valor que se distribuem no ambiente social. Essa colaboração integra etapas de produção e distribuição de bens e serviços e compõe-se de pessoas e organizações que são diferenciadas. A natureza da colaboração pode determinar a participação ou não das pessoas num ciclo que se estende de uma rua, um bairro, uma cidade até uma rede global. A estratégia metodológica adotada para esta análise compreende o exame de dados secundários sobre a economia colaborativa e sobre o setor de serviços na região de Porto Alegre. Os estudos sobre a perspectiva da colaboração na formação de economias constituem a base teórica para a discussão dos dados a serem analisados.

Estudos de língua e linguagem

Coordenação: Charlies Uilian de Campos Silva

Resumo: A proposta 'PROGELL - Problemas Gerais de Língua e Linguagem' consiste na formação de um grupo de pesquisa cujo interesse recai sobre diversos problemas referentes à língua e seu uso em situações naturalísticas, bem como sobre as obras literárias e sobre problemas relacionadas a uma semiologia geral. A matriz teórica principal da proposta são os textos de Émile Benveniste, sobretudo aqueles que compõem as obras Problemas de Linguística Geral I e II, com ênfase na descrição linguística sob um viés antropológico. Serão realizados diferentes trabalhos que abordam situações complexas no uso da língua e da linguagem. Trabalhos teóricos e aplicados relacionados à teoria da enunciação, linguística geral, sociolinguística variacionista, análise do discurso, psicolinguística, psicanálise, semiótica, semiologia e literatura compreendem o escopo do proposta de pesquisa.

Identificação de Usuários através de dispositivos móveis

Coordenação: Régio Antônio Michelin

Resumo: Atualmente todos sistemas requerem a utilização de diferentes mecanismos para identificar unicamente cada usuário. Dentre esses diferentes mecanismos o mais comumente utilizado é o par usuário (único) e senha. Contudo, devido ao grande número de sistemas e a diferente padronização exigidas pelos mesmos, os usuário são levados a criar senhas que não garantem a segurança dos dados armazenados no sistema. Recentes pesquisas na área em busca de novas tecnologias para substituir ou mesmo aumentar a segurança do par usuário/senha, para isso foram apresentados mecanismos tais como autenticação em dois níveis, onde após informar o usuário e senha, é gerado através de email ou mesmo sms um código para que o usuário complete seu acesso. Outra forma de acesso é informando um token que permite um acesso único ao usuário, não podendo ser reutilizado, muito comumente utilizado em aplicações bancárias. Desse modo, esse trabalho consiste em criar uma proposta de mecanismo de autenticação, através do qual o usuário utilize seu dispositivo móvel para autenticação em um sistema computacional.

Materiais Didáticos Interdisciplinares para a Educação Básica e para a Educação Superior

Coordenação: Carlos Ventura Fonseca

Resumo: O presente projeto baseia-se na seguinte questão global de pesquisa: Quais são os aspectos epistemológicos que interferem na construção de materiais didáticos interdisciplinares no IFRS/Campus Restinga? A partir disso, buscamos estabelecer critérios de caráter interdisciplinar para a produção de unidades temáticas (UTs) voltadas ao ensino de Ciências e à formação docente em Ciências da Natureza, com base na literatura da área e em uma perspectiva interdisciplinar. Além disso, intencionamos produzir material didático (UTs), com base nos critérios e referenciais encontrados, para diferentes níveis de ensino: o ensino médio, o ensino médio integrado, educação superior, em cursos de licenciatura etc. Nesse processo, será fundamental: 1-Identificar as principais estratégias didáticas dos materiais produzidos e dos materiais descritos na literatura (simulações, vídeos, ensino por investigação, debates, seminários etc.); 2-Evidenciar as teorias pedagógicas e modelos educacionais apresentadas pelos materiais produzidos e pelos materiais descritos na literatura, com base nas atividades propostas, à luz de referenciais teóricos do campo da Educação em Ciências. 3- Distribuir os materiais produzidos no projeto para as redes pública e privada de ensino, através de ações de extensão futuramente desenvolvidas.

 

Possibilidades de participação em cadeias de valor: um estudo em organizações sociais do setor criativo na região de Porto Alegre

Coordenação: Marcelo Machado Barbosa Pinto

Resumo: Esse projeto tem por objetivo analisar estratégias de desenvolvimento de organizações sociais no setor da economia criativa na região de Porto Alegre. A análise se baseia no entendimento de que a cadeia de criação de valor compõe-se de elos com diferentes atributos de valor que se distribuem em vários setores da economia. Essa cadeia integra etapas de produção, distribuição, varejo, marca e design e compõe-se de empreendimentos com porte e posição de governança que são diferenciadas. A natureza da governança pode determinar a participação ou não de organizações nessa cadeia e, por conseguinte, a inclusão ou a exclusão de uma organização do mercado global. A estratégia metodológica adotada para esta análise compreende o exame de dados secundários sobre a cadeia global de valor e sobre o setor de serviços na região de Porto Alegre. Os estudos sobre a governança em cadeias globais de valor constituem a base teórica para a discussão dos dados a serem analisados.

 

Projeto de Circuitos Eletrônicos para Acessibilidade

Coordenação: Alexsandro Cristovão Bonatto

Resumo: Este projeto de pesquisa propõe o estudo, desenvolvimento e validação de tecnologias assistivas baseadas em sistemas eletrônicos integrados. A proposta de pesquisa é aplicada ao desenvolvimento de sistemas que facilitem as atividades de portadores de necessidades especiais, incluindo o auxílio na locomoção e na localização de objetos, como na identificação de obstáculos para cegos, sinalização inteligente para cegos e tradução automática para surdos. Os sistemas eletrônicos autônomos de processamento estão presentes na maior parte dos produtos de eletrônica de consumo e industrial. Tais sistemas são formados basicamente a partir de um processador central e unidades de periféricos para comunicação e processamento dedicado. O uso de plataformas microprocessadas permite que diversas configurações do circuito eletrônico sejam testadas até que se chegue à arquitetura alvo final. Portanto, são possíveis diversas formas de configuração de um sistema eletrônico de processamento, tanto pela parte do software quanto do hardware. Além disso, o desenvolvimento de uma plataforma de processamento reconfigurável via software serve como base para diversos projetos acadêmicos, que podem ser utilizados posteriormente pelos alunos em seus projetos acadêmicos.

 

Projeto de Geradores de Eletricidade Usando Motores Stirling Acionados por Energias Renováveis

Coordenação: João Roberto Gabbardo

Resumo: O projeto tem por finalidade analisar a viabilidade da geração de energia elétrica utilizando motores Stirling acoplados a geradores de energia elétrica com potência na ordem de dezenas e centenas watts, sendo que a fonte de calor necessária ao acionamento do motor Stirling poderá será proporcionada por variadas fontes de energia renováveis, tal como energia solar concentrada, queima de restos de madeira, biogás, bagaço de cana de açúcar entre outras. O motor Stirling é a máquina térmica que possui o ciclo de trabalho mais próximo do ciclo de Carnot, aliado à relativa simplicidade de construção, o que permite obter elevada eficiência em comparação às outras máquinas térmicas. A energia gerada excedente ou quando não for consumida será armazenada em um banco de baterias e, com o uso de um circuito conversor CC-CA, poderá ser disponibilizada em caso de falta de energia elétrica para equipamentos de baixo consumo de uso residencial. A geração de energia, carga e descarga do banco de baterias será supervisionada por um circuito microcontrolado.

 

SIEGFRIED2.0: Shield e Interface Gráfica para Fomentar a Robótica Educacional

Coordenação: Roben Castagna Lunardi

Resumo: A robótica educacional vem sendo utilizada como uma poderosa ferramenta de aprendizado em todos os níveis de ensino. Um das propostas mais comuns da adoção da robótica educacional é aumentar o interesse de estudantes nas carreiras ligadas a ciência, tecnologia, engenharia e matemática (do inglês, STEM ? Science Technology, Engineering and Mathematics). Como proposta de facilitar o acesso, diminuir custos e ampliar o uso de kits de robótica na educação básica, técnica, ou superior, foi proposto o projeto SIEGFRIED. Após dois anos de projeto, foram produzidos protótipos funcionais nos quais foram realizados testes preliminares. Como continuação e aprimoramento do projeto, pretende-se com SIEGFRIED2.0, modelar e desenvolver ferramentas, dispositivos e material didático de robótica educacional adequados para serem utilizados por estudantes do Ensino Básico, à partir do ensino fundamental. Por fim, após a realização da pesquisa, pretende-se entregar um protótipo (de hardware e software) com material instrucional a ser utilizado em sala de aula para os diferentes níveis de aprendizado.

Tarefas de leitura e produção textual nos livros didáticos de língua portuguesa

Coordenação: Maíra da Silva Gomes

Resumo: Com o objetivo de melhorar o ensino de produção de textos nas disciplinas de português do campus Restinga, o presente projeto busca verificar quais relações exitem entre o tipo de tarefa de escrita e o tipo de texto produzido como resposta à tarefa. O Corpus desta pesquisa é o livro didático das turmas de primeiro ano dos cursos Integrados ao Ensino Médio de 2016. Um dos objetivos deste trabalho é analisar se as tarefas do livro refletem a língua em uso ou se refletem a língua em abstração e as implicações disso para o ensino de escrita. Este projeto se baseia na visão de linguagem sócio-interacionista de Bakhtin (2003). Com este estudo será possível ter um panorama das melhores tarefas de escrita existentes no livro didático do Integrado e auxiliar professores de português a construírem tarefas de escrita mais contextualizadas.

Final do Conteúdo Ir para as informações da Página

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Câmpus Restinga

Rua Alberto Hoffmann, 285 | Bairro Restinga | CEP: 91791-508 | Porto Alegre/RS

E-mail: comunicacao@restinga.ifrs.edu.br | Telefone: (51) 3247-8400